Kayky Brito brinca e corre com filho após acidente: “Dias melhores“

Kayky Brito brinca e corre com filho após acidente: “Dias melhores“


Kayky Brito usou as redes sociais no sábado (16), para mostrar como sua recuperação após acidente está surtindo efeito. Em vídeo publicado no Instagram, o ator brinca e corre com o filho Kael, de dois anos. Tamara Dalcanale, mãe da criança, também aparece no registro.

“Como diz a música do Jota Quest: ‘Dias melhores pra sempre””, escreveu Kayky Brito na legenda do vídeo. A publicação chega na web junto com o longo processo de recuperação do ator, depois dele ter sido atropelado no início de setembro deste ano.

 

Em outro vídeo publicado recentemente no Instagram, Kayky Brito tranquilizou os fãs sobre seu estado de saúde. “Eu estou melhor a cada dia, me recuperando, com muita fisioterapia”, contou.

O acidente de Kayky Brito

O ator de 34 anos foi atropelado por um carro de motorista de aplicativo em 2 de setembro, por volta de 1h. Kayky estava no quiosque Dona Maria, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro com alguns amigos quando foi buscar algo no carro que estava estacionado do outro lado da avenida.

Vídeo de câmeras de segurança mostram que Kayky sai correndo do carro para tentar atravessar de volta para o quiosque, quando é atropelado por um Fiat Argo que levava uma mulher e uma criança de 10 anos do Recreio dos Bandeirantes para a Barra da Tijuca.

No relatório de investigação do 16º DP, o delegado Ângelo José Lages afirma que os laudos periciais apontam que o motorista dirigia seu veículo a uma média de 48 km/h no momento da colisão. A velocidade limite naquele trecho da Avenida Lúcio Costa, na altura do Posto 6, é de 70 km/h.

A investigação concluiu que Kayky Brito acessou a via de forma repentina e fora da faixa de pedestres, que estava a poucos metros de distância do local do acidente.

“Assim sendo, pelo apurado, não se pode imputar qualquer fato criminoso ao condutor do veículo, Diones Coelho da Silva, uma vez que dirigia em velocidade abaixo do limite da via, sem apresentar alteração na capacidade psicomotora pelo consumo de álcool (embriaguez) ou qualquer substância de efeito análogo e com a atenção devida na direção de veículo automotor, uma vez que ainda realizou ações para evitar a colisão, apesar da escassez temporal para reação e frenagem”, conclui o delegado.

 

 





Fonte de Dados: CNN BRASIL

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo