Agricultores franceses invadem feira agrícola em Paris e protestam contra Macron

Agricultores franceses invadem feira agrícola em Paris e protestam contra Macron


Um grupo de agricultores franceses invadiu uma importante feira agrícola de Paris neste sábado (24), antes da visita planejada do presidente Emmanuel Macron, em meio à indignação com os custos, a burocracia e as regulamentações verdes.

Enfrentando dezenas de policiais dentro da feira, os agricultores gritavam e vaiavam, pedindo a renúncia de Macron e usando palavrões dirigidos ao líder francês.

“Esta é a nossa casa!”, gritaram, enquanto as linhas da polícia de choque francesa CRS tentavam conter a manifestação. Houve alguns confrontos com manifestantes e a polícia prendeu pelo menos um deles, viu uma testemunha da Reuters.

Macron, que está tomando café da manhã com líderes sindicais de agricultores franceses, deveria caminhar depois pelas vielas da feira.

Ele cancelou um debate que pretendia realizar na feira agrícola no sábado com agricultores, processadores de alimentos e varejistas, depois que os sindicatos de agricultores disseram que não compareceriam.

Os agricultores têm protestado por toda a Europa, apelando a melhores rendimentos, menos burocracia e denunciando a concorrência desleal de produtos ucranianos baratos importados para ajudar o esforço de guerra de Kiev.

A feira agrícola de Paris é um grande evento na França, atraindo cerca de 600.000 visitantes durante nove dias.

Os protestos dos agricultores, que se espalharam por toda a Europa, surgem num momento em que a extrema direita, para a qual os agricultores representam um eleitorado crescente, vê obter ganhos nas eleições para o Parlamento Europeu de Junho.

Os agricultores franceses suspenderam em grande parte no início deste mês os protestos que incluíam o bloqueio de estradas e o despejo de estrume em frente a edifícios públicos, depois de o primeiro-ministro Gabriel Attal ter prometido novas medidas no valor de 400 milhões de euros (US$ 433 milhões).

Mas os protestos recomeçaram esta semana para pressionar o governo a fornecer mais ajuda e a cumprir as promessas, antes da feira agrícola de Paris.



Fonte de Dados: CNN BRASIL

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo